FMB - Faculdade Municipal de Barueri

Faculdade Municipal de Barueri completa um mês de existência

A Faculdade Municipal de Barueri (FMB) torna-se mais que um sonho realizado, ela promove a esperança na Educação como gerador de transformação, além disso, faz de Barueri a terceira cidade no Brasil a oferecer o Ensino Superior gratuito.

Com uma rede de ensino que vai desde o Maternal até o Ensino Superior, sem deixar de mencionar o Polo da UAB que disponibiliza cursos de Pós-graduação a distância, a cidade oferece hoje um ensino de qualidade e para todos os níveis, incluindo Ensino Fundamental I, Fundamental II, Ensino Médio Técnico, Ensino Médio e Cursinho Pré-Vestibular.

Inaugurada no dia 04 de fevereiro de 2016, a FMB, que é administrada pela Fundação Instituto de Educação de Barueri (Fieb), realizou seu vestibular em dezembro de 2015, organizado pela Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp). Foram selecionados 50 alunos para iniciar o curso superior de Tecnologia em Redes de Computadores. Segundo o Projeto de Lei nº 2.396 de abril de 2015, 50% das vagas oferecidas pela FMB são destinadas aos moradores de Barueri, o restante das vagas são disponibilizadas aos demais interessados.

Durante a cerimônia de inauguração, alguns alunos aprovados no vestibular da FMB falaram sobre suas expectativas quanto ao curso e à faculdade. A FMB “vai ajudar muitas pessoas que não tem condições de pagar uma faculdade, vai ajudar muita gente mesmo, eu adorei essa ideia”, disse Luiz Augusto Cruz Rosa, aluno da FMB. “Eu já trabalho na área, mas tendo a faculdade, vai melhorar muito mais meu conhecimento e o meu emprego”, completou. “A região precisa realmente, vamos torcer para que venham mais cursos para agregar mais qualidade à faculdade”, disse Miguel Cristiano Pereira Brito, aluno da FMB. “Espero desenvolvimento profissional, o curso de redes é um curso que o mercado precisa, a expectativa é muito alta, de entrar realmente no mercado de trabalho, a partir da experiência que aprender aqui [na FMB]”, complementou. “Tenho uma expectativa boa em relação ao curso, a oportunidade é única”, disse Ivan Pereira de Oliveira, aluno da FMB. “A Fieb vai de bem a melhor, depois que assumiu o ITB muita coisa melhorou, meu filho estuda no ITB”, relatou. “Estou muito contente porque é difícil pagar e Barueri consegue abrir uma porta dessas”, finalizou.

Os primeiros 30 dias

Um mês depois, alguns alunos contaram sobre sua vivência na FMB. Para Luiz Augusto Cruz Rosa, estar na Faculdade “abriu minha mente para várias coisas que eu não estava entendendo, eu não sabia que tudo que mandamos no celular ou no computador fica no servidor, fica armazenado lá e nunca vai direto, eu aprendi isso aqui. Eu já dei uma evoluída legal e aprendi bastante”, além disso, disse que já vê um futuro melhor depois de formado. O aluno completou dizendo que “as pessoas devem tentar [o vestibular] porque é um ótimo curso, é uma área muito grande, com várias empresas, várias pessoas podem conseguir um bom emprego”, mas que “precisa ter bastante esforço, não adianta se inscrever e não vir, tem que se dedicar muito aos estudos para conseguir um futuro melhor”.

“Muitas coisas me chamaram a atenção na estrutura da Faculdade, eu fiz uma graduação numa Faculdade particular e a estrutura aqui [que está disponível], está três vezes acima da Faculdade que eu fazia, o laboratório é sensacional, a sala de aula com ar condicionado. Na outra Faculdade, que era particular, tinha ventilador, fazia barulho e até atrapalhava a aula, estou muito surpreso com a estrutura que foi disponibilizada, o corpo docente parece ser muito bom, lógico que ainda é uma caminhada, mas até agora não tenho do que reclamar, só parabenizar”, disse o aluno Miguel Cristiano Pereira Brito. “Eu estou indicando para os amigos porque realmente é uma oportunidade que as pessoas têm que agarrar, uma Faculdade Municipal pública e com uma estrutura muito boa”, completou.

Uma das cinco mulheres da sala, a aluna Stefania de Lima, falou sobre sua expectativa por um novo emprego e disse que “não tinha muita noção de computador, processador ou RAM, [mas] agora eu tenho um pouco e está sendo bom, os professores são bons, você consegue entender bem a aula, explicam bem, estou me sentindo muito bem na Faculdade. Tem faculdades pagas que não tem o nível daqui, a Faculdade, o ar condicionado, é outro nível, aqui é tudo melhor, eu estou adorando” e recomenda a FMB, “ainda mais por ser municipal, então tem que aproveitar”.

Para o aluno João Victor de Jesus Viana, “a Faculdade é uma bela oportunidade, venho de um município vizinho, de Itapevi e surgiu o vestibular, algumas pessoas até desconfiavam por ser uma faculdade nova, questionaram se daria certo, foi uma coisa que eu acreditei e vim fazer, durante esses 30 dias me surpreendeu porque a estrutura é ótima, o respaldo que temos da Direção, dos professores, é muito bem feito e tudo organizado, eu acredito que só tem a crescer o curso e a Faculdade, quando chegarmos ao final, além da formação, será aquele motivo de falar: eu me formei na FMB!”. O aluno ainda falou que já indicou a FMB para o seu irmão de 17 anos que pretende prestar o próximo vestibular, além disso, disse que “muitas pessoas não têm condições de pagar uma faculdade, por ser gratuito, as pessoas que estão aqui tiveram o seu mérito, precisaram estudar muito para passar no vestibular e se formar, é uma ótima iniciativa que só tem a melhorar”.