ITB Prof. Moacyr Domingos
Programa de Estágio do ITB Moacyr Domingos Sávio Veronezi gera economia para a Fieb

O Programa de Estágio do ITB Moacyr Domingos Sávio Veronezi está gerando economia para a Fieb e o motivo é bem simples, já que os alunos participantes do Programa de Estágio fazem a manutenção dos equipamentos de várias unidades da Fieb. Além de aprender em sala de aula, o aluno aprende na prática e ainda contribui com a escola.

Segundo o professor e coordenador de Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, Robson Rodrigues de Almeida, na descrição do Projeto, “cerca de 60 equipamentos foram atendidos pelos estagiários: desktops, fontes de alimentação, impressoras, monitores LCD são alguns dos exemplos de maquinários que passaram pela bancada do laboratório de Manutenção e Suporte. Os problemas nos equipamentos a serem resolvidos pelos futuros técnicos vão desde substituição de um hardware, a manutenções em placas-mãe (systemboard), em fontes de alimentação, à reinstalação de um sistema operacional para que sejam realizados testes finais”.

Ives Samuel de Oliveira Santos, aluno do 3º ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, disse que “é uma honra participar desse projeto, antes de estudar no ITB eu já sabia um pouco de informática, mas nesse projeto eu aprendi bastante coisa, principalmente sobre os componentes do computador e seu funcionamento”. O aluno complementou dizendo que o Projeto “ajudou bastante também porque na área de informática não se encontra nada em Português, então tem que ter um conhecimento bom em Inglês, me ajudou um pouco na matéria de Inglês”, finalizou.

Para Walicy Souza Meira, aluno do 3º ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, participar do projeto “foi muito bom porque eu não conheço muito a matéria de Informática por completo, então adquirir bastante conhecimento de coisas que não sabia e adquiri responsabilidade para cumprir o horário do estágio. Foi muito bom porque contribuiu bastante com meu aprendizado na escola e a melhorar nas matérias e entender um pouco dos componentes e do computador em geral”.

Leandro Santos de Lima, aluno do 3º ano do Curso Técnico em Manutenção e Suporte em Informática, disse que “como o curso é meio teórico participar do Projeto me ajudou a participar da parte mais prática do curso mostrando também como seria o mercado de trabalho”. E complementou explicando o processo desde a chegada da máquina até a finalização do trabalho: “Primeiro fazemos uma abertura de chamado para relatar o problema que está acontecendo com a máquina, após uma análise na máquina, fazemos um teste com as peças que têm no ITB para ver se o problema que encontramos era realmente aquele e depois realizar a troca das peças para fechar o chamado”.